Massagens Terapêuticas

Raphaela von Roth e Carla Balixa

 

As massagens terapêuticas têm por objetivo obter um benefício de cura, muitas vezes recomendada por profissionais de saúde como parte de um plano de tratamento mais alargado. Por exemplo, em casos de fisioterapia por lesão a massagem terapêutica ajuda a soltar os músculos, melhorar o tônus muscular, aumentar a flexibilidade e acelerar o processo de recuperação. E ainda como completar no tratamento de feridas, tratamento de cancro, e uma variedade de outros tratamentos.

 

A prática da massagem também pode ser associada a outras técnicas como a aromaterapia com o uso de óleos essenciais específicos, cromoterapia e musicoterapia, que em conjunto proporcionam benefícios gerais.

 

A massagem desencadeia uma série de efeitos positivos ao organismo, que melhoram a saúde e o bem-estar. Uma das principais razões que leva à procura dos serviços de massagem são as dores nas costas, ocasionadas pela falta de tônus muscular. A principal causa é o stress e a tensão acumulados, que geram músculos tensos provocando consequentemente a dor. Nesse caso, a massagem tem o poder de melhorar tais sintomas por libertar a rigidez das articulações e dos músculos, substituindo por vezes o consumo excessivo de medicamentos. Algumas pessoas recorrem às massagens terapêuticas regularmente com o objectivo de manter uma boa condição física, e também pode ser realizada como parte de um programa de bem-estar geral.

 

Além de ter benefícios físicos, a massagem terapêutica também será benéfica no plano psicológico e pode ser utilizada para aumentar a confiança, promover o relaxamento como parte de um programa terapêutico, aliviar a depressão grave ou para o tratamento de outras condições.

 

A massagem terapêutica promove efeitos mecânicos no organismo, como o movimento da linfa, de sangue venoso, e na mobilização de fibras musculares, tendões, pele e aderências. E também efeitos fisiológicos no aumento da circulação sanguínea e linfática, aumento do fluxo de nutrientes promovendo assim a remoção dos produtos catabólicos e metabólicos, resolução de edemas e hematomas, estimulação nos processos de cicatrização, maior extensibilidade do tecido, alívio de dores, aumento e melhora do movimento das articulações, facilitação na atividade física, estímulo das funções viscerais e promoção do relaxamento local e geral.

 

Os efeitos psicológicos também são referidos como o relaxamento da mente e do corpo, o estímulo da atividade física, o estímulo sexual, alívio de dores, alívio do stress e da tensão, e sensação geral de bem-estar.

 

Estudos documentam diversos efeitos adquiridos pela massagem terapêutica com benefícios de saúde, como melhorias na hipertensão, úlceras, indigestão, distúrbios gastrointestinais, insónia, dores de cabeça, ansiedade e depressão.

 

 

Shiatsu
Esta técnica terá sido introduzida no Japão há cerca de 1.500 anos, baseando-se na antiga Medicina Tradicional Chinesa, mas hoje o Shiatsu tem também influências do estudo da biologia humana ocidental que juntou memorização de uma extensa lista de pontos corporais dedicados a tratar a pessoa submetida a técnica.

 

Shiatsu significa “pressão com os dedos” ao longo do corpo (em japonês, Pressão = “Atsu” + dedos = “Shi”).

 

O principal objetivo do Shiatsu é manter ou (re)estabelecer o equilíbrio energético, a fim de prevenir ou tratar disfunções que sejam causadas pelo desequilíbrio dessa energia. Segundo a visão da Medicina Oriental as doenças são originadas pela desregulação de energia nos meridianos.

 

A combinação da massagem com a pressão nos pontos de acupunctura chineses, incorporando movimentos de alongamento e fricção estimulam a circulação linfática e sanguínea. Este tipo de massagem é tonificante, o que significa que estimula e normaliza o fluxo da energia Ki e movimenta fluidos. Os movimentos são executados em harmonia com a respiração com o objectivo de despertar uma regeneração do corpo e mente.

 

O fluxo da energia vital (ou Chi, chinês, e Ki, japonês) faz-se através de canais (vasos) no corpo humano – semelhante ao sangue pelas veias e artérias – conhecidos como “meridianos”. Em alguns pontos o fluxo desta energia pode se alterar e criar um padrão de desequilíbrio ou desarmonia. Este reflectir-se-á na saúde física e mental da pessoa.

 

Muitos clientes referem que nada é tão eficaz na diminuição da sua dor e em melhorar a sua capacidade de se mover. Mas o shiatsu tem aplicações muito variadas e pode tratar desde problemas:

  • físicos ( rins, evacuação, ardência no estômago, dores de coluna);

  • psicossomáticos (hipertensão nervosa, doenças do foro emocional ou psicológico e ainda autoimunes, insónia, depressão etc);
  • emocionais (como baixa auto-estima, apatia, transtornos de apetite).

Dos quais destacamos os principais.

  • Sistema muscular:
    Alívio das tensões, contraturas e dores musculares;
    Benefício à postura e tônus muscular;
    Melhora da dor e sensibilidade dos pontos gatilhos (trigger points);
    Auxílio ao tratamento de fibromialgia, tendinites, tenossinovites e paralisia muscular.
  • Sistema respiratório:
    Auxílio ao tratamento de gripes, resfriados, bronquite asmática;
    Alívio das crises de rinite e sinusite.
  • Sistema digestivo:
    Alívio das dores em casos de espasmos gástricos, cálculos biliares e gastrite;
    Auxílio ao tratamento da gastrite nervosa, viroses e diarréia;
    Facilita o peristaltismo intestinal, sendo indicado nos casos de constipação.
  • Sistema circulatório:
    Auxílio em combate à hipertensão arterial e arritmia cardíaca;
    Melhora da circulação sanguínea e linfática;
    Ajuda no combate às varizes e varicosas.
  • Sistema urinário:
    Alívio e diminuição das dores em casos de cólica renal;
    Auxílio ao tratamento da incontinência urinária e fecal;
    Auxílio ao tratamento de bexiga caída.
  • Sistema reprodutor:
    Auxílio ao tratamento de impotência sexual, frigidez;
    Alívio das cólicas menstruais;
    Complemento ao tratamento de distúrbios menstruais;
    Alívio dos sintomas da menopausa como fogacho, sudorese e cansaço.
  • Outros:
    Relaxamento físico, mental e emocional;
    Auxílio ao tratamento da depressão, síndrome do pânico, enxaqueca, artrose, artrite reumatóide e nevralgias;
    Alívio dos sintomas do bruxismo e distúrbios da ATM como dor na face, cansaço dos músculos da mastigação e dor de cabeça.

 

A Medicinas é uma clínica médica com uma abordagem de Saúde Integral.

Doença e Saúde são o resultado de realidades complexas de decisões, com causas, sintomas e soluções muito diversas, tendo em conta a compreensão das componentes físicas, energéticas, emocionais, psicológicas, espirituais e também o estilo de vida.


Na Medicinas estudamos cada caso como único, reunimos várias especialidades e procuramos integrar um conjunto complementar de cuidados médicos e terapias para a/o ajudar a recuperar o seu estado de saúde.